Imagem - Fachada
Nome da Empresa
(16) 3397-3351
Livraria Murad - Sebo
Araraquara/SP
Av. Brasil, 606, Centro
(16) 3397-3351
livrariamurad@gmail.com

Sobre a Empresa

Para quem pensa que um sebo é um lugar sujo e cheio de coisas velhas, a Livraria e Sebo Murad pode ser uma decepção. Com prateleiras organizadas por gênero literário, ar-condicionado e música ambiente, ficar ?viajando? pelo acervo do lugar pode ser um agradável programa nas tardes calorentas da cidade. Com preços que variam de R$ 2 a R$ 230, o sebo tem entre seus exemplares mais raros e antigos, a primeira edição do livro \"Os ciganos no Brasil\", de Mello Moraes Filho, de 1886, avaliada em R$ 220. E uma mais antiga ainda, de 1883, chamada \"Théatre Classique\", de vários autores franceses, que custa R$ 160. Ao todo, são 20 mil títulos. Entre eles, muitas coleções de clássicos da literatura, enciclopédias e livros de arte, em capa dura, edições que nem são mais editadas no País. \"Só num sebo isto é possível\", atesta o livreiro Marco Murad. Para conseguir juntar tamanho acervo, ele conta que no início foi bastante complicado. \"Tinha que ir buscar fora de Araraquara\", lembra o livreiro. Com o passar dos anos, os próprios clientes começaram a vender para ele. Hoje, o único lugar em que Murad busca livros é Campinas, onde tem um fornecedor. De resto, são os fornecedores que vão até ele, numa constante venda e troca de livros. Ao longo dos anos, além de clientes, também amealhou bons amigos. \"Hoje tem gente que vem aqui só para conversar.\" Em 23 anos de comércio, Murad atende hoje sua segunda geração de clientes. \"Os filhos que cresceram vendo os pais ler, hoje vêm aqui em busca de informação\", diz, entusiasmado. De acordo com o livreiro, os bons clientes são aqueles que não sabem o que vão levar. \"Quando alguém entra com uma listinha na mão, acho difícil vender. O bom de um sebo é ser surpreendido pelo que se vai achar nas prateleiras. Quem quer literatura fácil ou recomendada, deve ir a uma livraria convencional\", indica. \"Sebo é somente para os apaixonados por livros, como eu\", conclui. Desde o Império Diz a história que os sebos surgiram no século 16, na Europa, com o objetivo de vender livros raros e usados. No Brasil, essas lojas apareceram na segunda metade do século 19, durante o Império, quando as primeiras máquinas de impressão foram importadas. Na época, existiam dez livrarias de livros novos em Salvador e 50 no Rio de Janeiro. Com a crescente demanda da necessidade de trocar e vender livros antigos, o número de sebos foi crescendo a partir de então. A origem do uso da palavra ?sebo? também tem diversas histórias. Alguns dizem ser pelo aspecto dos livros, que pareciam velhos e sujos e, logo, ?ensebados?, por conta do tempo de sua existência e manuseio. Outra versão é o fato de os leitores usarem velas para ler, sujando os livros com o sebo delas, feitas na época com gordura de sebo. Há ainda uma versão que diz que os estudantes e leitores vorazes por ir a todos os lugares com um livro embaixo do braço acabavam por torná-lo sujo, ensebado. Por tudo isso, a livraria que negocia livros usados ganhou o nome de sebo. Livreiro se rende à net A princípio resistente às novas tecnologias, Marco Valério Murad rendeu-se às vendas on-line no começo de 2008. \"Tinha perdido um terço do meu faturamento e aí não tinha como ficar de fora da internet\", justifica. Dos cerca de 20 mil títulos de seu acervo, mais de oito mil estão disponíveis na rede mundial, num site de sebos coletivo. As vendas são feitas em todo o Brasil e a entrega é realizada em domicílio pelos Correios. Murad conta que vende pelo menos um título por dia nesse sistema. \"Hesitei até o último momento. Acreditava que o cliente tinha que ter o contato físico com a obra. Uma tremenda bobagem, porque hoje tudo é feito pela internet. O cliente virtual sabe o que está procurando\", acredita. O site coletivo tem 40 páginas de títulos somente da Livraria e Sebo Murad. As buscas podem ser feitas por preço, título, ano de edição ou últimos livros cadastrados. O frete é por conta do cliente e o pagamento pode ser feito por cartão de crédito ou boleto bancário. A entrega é feita entre dois a sete dias, dependendo da cidade. Os best-sellers da estante do livriero Leitor voraz, Marcos Valério Murad gosta mesmo é dos clássicos. Aqui, os cinco livros que ocupam o topo de sua preferência. Todos clássicos da literatura mundial e, por isso, atemporais. Anna Karenina - romance do escritor russo Leon Tolstoi, publicado entre 1873 e 1877. É uma das obras primas do autor, ao lado de \"Guerra e Paz\". Os Irmãos Karamazov romance de Fiódor Dostoiévski, escrito em 1879, uma das mais importantes obras das literaturas russas e mundiais. A Montanha Mágica - escrito por Thomas Mann, em 1924, é um dos romances mais influentes da literatura mundial do século 20 e foi importante para a conquista do Prêmio Nobel de Literatura por Mann, em 1929. Em busca do tempo perdido obra romanesca de Marcel Prost, escrita entre 1908/09 e 1922, publicada entre 1913 e 1927 em sete volumes, os três últimos postumamente. Lord Jim - livro escrito por Joseph Conrad, publicado em forma serial na revista \"Blackwood?s\" entre outubro de 1889 e novembro de 1990

Fotos do Local

Vídeo

O anunciante ainda não possui um video disponivel

Avaliação

Avaliação feita pelos usuários


Faça sua avaliação

Como Chegar

Informe seu endereço e sua cidade/estado:

Entre em Contato