Governo lança portal para informações e negócios relacionados à indústria 4.0

O serviço deve beneficiar principalmente as pequenas empresas

    • ACidade ON
    • Folhapress

 

FILIPE OLIVEIRA
SÃO PAULO, SP   

O governo lançou nesta quarta-feira (4) o portal Hub i4.0, que reunirá informações sobre a indústria 4.0 e tem como meta permitir a compra de produtos e serviços de fornecedores variados (modelo conhecido como marketplace) e busca de financiamento.
Esse novo modelo de indústria é baseado no uso intensivo de tecnologias digitais emergentes, como internet das coisas, impressão 3D e inteligência artificial, com o objetivo de ampliar a produtividade.
A iniciativa faz parte de agenda para promoção da indústria 4.0 no Brasil, lançada pelo Mdic (Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços) em março, durante edição para América Latina do Fórum Econômico Mundial.
O anúncio foi feito na ICC Brasil (Câmara Internacional de Comércio), sediada no escritório da CNI (Confederação Nacional da Indústria) em São Paulo. Também conta com a parceria da Aliança 4.0, grupo que reúne presidentes de empresas engajadas com o tema, como Stefanini, HP eSiemens.
Segundo Marcos Jorge, ministro da Indústria, Comércio exterior e Serviços, para que esse novo patamar de uso de tecnologia deslanche, são necessárias ações conjuntas entre setor público e privado.
"Está na hora de abrir espaços para a indústria brasileira. Para isso, precisamos investir em inovação e iniciativas que garantam uma indústria mais forte e produtiva, conectada com a tecnologia."
A indústria brasileira foi fortemente atingida pela paralisação de caminhoneiros, que levou a produção a recuar 10,9% em junho, informou o IBGE nesta quarta.
Segundo Daniel Feffer, presidente do ICC Brasil, a nova ferramenta ajudará principalmente pequenas empresas, que têm menos acesso a esse tipo de tecnologias.
"Levar esse acesso para as pequenas empresas é o que fará a diferença para o país. As grandes empresas conseguem obter essas informações lá de fora. As menores, não."
O portal deve receber de cinco a nove novos conteúdos por dia.


0 Comentário(s)